4. Tudo Ao Redor

Domenico Lancellotti / Moreno Veloso
BR-DM1-16-00004 · Gegê Editora · Benguela

O peso da luz
na sua mão
vibra

No frio da manhã
pé ante pé
brinca

A forma do som
traz uma flor
linda

E sua visão
sobre o lençol
brilha

Quando esse sol cai
sobre o colchão arrasta
tudo ao redor

Mesmo serena a brisa daqui
levanta a casa do chão

A luz do luar
vem do quintal
branca

Um mar de algodão
nesse varal
canta

Canção de ninar
sobre o papel
lembra

A noite de lá
era também
lenta

Sem resistência fico no ar
parado
junto de mim

Nesse horizonte o céu é maior
e o dia nunca tem fim

O cheiro do pão
vem lá de trás
quente

Um tempo feliz
dentro de nós
sempre

Everything Around

The weight of light
on your hand
vibrates

In the morning chill
foot facing foot
plays

The form of sound
brings a beautiful
flower

And your vision
shines
across the sheet

When this sun falls
across the mattress
it drags everything around it

The breeze here is serene
but it lifts the house off the ground

The light of the moon
comes from the yard
white

A sea of cotton
on this clothes line
sings

A lullaby
on the paper
reminds us

That the night out there
was also slow

Offering no resistance
I hang in the air still
next to myself

On this horizon the sky is larger
And the day never ends

The smell of bread
comes from back there
warm

A happy time
inside us
always